Notícias

Unificação das eleições no Brasil: Participe desta luta
Por: 14 de Maio de 2019 em: Notícias

 

Clique aqui para assinar o documento online.

 “Há anos defendo a Unificação das eleições no Brasil. Criei um movimento nacional, por meio da União Nacional dos Legisladores e Legislativos (Unale), para pressionarmos o Congresso pela aprovação de uma Proposta de Emenda à Constituição que unifica o calendário eleitoral, estabelecendo uma única eleição de quatro em quatro anos. Além de uma grande economia aos cofres públicos (em torno de 1,2 bilhão a cada quatro anos), teríamos um fortalecimento dos partidos políticos e maior eficiência pública. 

O País para de dois em dois anos por causa das eleições. O governo para de investir, os políticos deixam seus trabalhos de lado para cuidar de suas reeleições. Outros, ainda, que ocupam cargos eletivos, abandonam seus mandatos para assumirem outros. Isso tudo, é claro, sem contar os custos operacionais de uma eleição e a isenção fiscal que é dada às empresas de TV e rádio que exibem a propaganda dos candidatos.”

Alencar da Silveira Jr.

 

Vejam o que poderia ser feito com o dinheiro gasto com as eleições a cada dois anos:

Pagaria durante quatro anos o funcionamento do Hospital do Barreiro

Com cerca de R$ 1,2 bilhão é possível manter o funcionamento de um hospital como o do Barreiro, com capacidade mensal para 2 mil internações, mil cirurgias, 20 mil exames e mais de 3 mil consultas, durante mais de quatro anos. O custo mensal do hospital em funcionamento pleno é de cerca de R$ 21, 8 milhões.

Ambulâncias do SAMU

O Governo Federal poderia comprar mais de seis mil ambulâncias do SAMU para atender emergências.

Construção de casas populares

Com o dinheiro das eleições, o Governo poderia construir mais de 21 mil casas populares para atender a população. Segundo o IBGE, uma casa popular de 45 m² com 1 pavimento, varanda, sala, dois quartos, circulação, banheiro e cozinha custa cerca de R$ 55 mil.

Novas viaturas para Polícia Militar

A Polícia Militar de Minas Gerais poderia receber o reforço de mais de 18 mil novas viaturas de R$ 61 mil com o dinheiro gasto nas eleições. Dadosdo Portal da Transparência de Minas Gerais.

Micro-ônibus para o transporte escolar

O Governo Federal poderia comprar mais de cinco mil micro-ônibus para realizar o transporte escolar de crianças que moram distante da escola.

 

Logar-se para comentar

Comentários

Nenhum comentário ainda.